Matriz de Eisenhower: Como Montar e Aplicar

Existem algumas técnicas que podem ser usadas para você aprender a como ser mais organizado(a) durante o dia a dia. Dentre essas técnicas, falaremos a respeito da Matriz Eisenhower: como montar e aplicar?

Antes de tudo, a Matriz de Eisenhower foi criada por um ex-general do exército dos Estados Unidos da América. Eisenhower também foi presidente do país americano entre os anos de 1953 e 1961.

Conhecido por ser extremamente organizado, focado e produtivo, o ex-combatente da Segunda Guerra Mundial, criou um método de como ser mais produtivo, avaliando suas tarefas diárias das urgentes até às não urgentes, e também, das importantes até às não importantes.

Treinamento mapas mentais

O que é Matriz de Eisenhower?

A Matriz de Eisenhower é um método criado para ajudar você a aprender a como ter foco e produtividade. Fazendo com que você dê ênfase nas atividades urgentes e importantes, a Matriz Eisenhower é capaz de te fazer economizar horas preciosas durante o seu dia.

Essa Matriz é perfeita para você que não sabe por onde começar a realizar suas tarefas. Assim como a da Matriz BCG, a montagem da Matriz Eisenhower é extremamente fácil, e com apenas 2 ou 3 minutos você consegue fazer ela.

Se você quer aprender a como ser organizado, a Matriz Eisenhower também te ajuda nisso. Até porque, nela, você pode inserir tanto tarefas de casa, quanto tarefas do setor de trabalho.

Matriz de Eisenhower: Como Montar e Aplicar?

Para aprender a como montar a Matriz de Eisenhower, é necessário que você faça um plano cartesiano. 

Desenhe um quadrado no tamanho de uma metade da folha de papel a4. Após ter feito, divida esse “quadradão” em 4 quadrados menores (de forma que hajam dois quadrados em cima, e dois quadrados em baixo, todos de tamanhos iguais).

O próximo passo é descrever as nomenclaturas!

  • Acima do primeiro quadrante superior, você deve colocar “urgente”;
  • Acima do segundo quadrante superior, insira “não urgente”;
  • Ao lado esquerdo do primeiro quadrante, escreva na lateral, “importantes”; e
  • Ao lado esquerdo do terceiro quadrante, coloque na lateral, “não importantes”.

Com a Matriz de Eisenhower montada, o seu último passo é aplicar as tarefas de acordo com a Urgência e Importância de cada uma delas.

  • No quadrante importante e urgente (primeiro quadrante), você precisa descrever as atividades, pelas quais, têm prioridade e importância máxima;
  • No quadrante importante, porém não urgente (segundo quadrante), insira as atividades que podem ser agendadas;
  • No quadrante não importante, porém urgente (terceiro quadrante), descreva as tarefas que são prioridades, mas que podem ser feitas no final do expediente, ou do dia; e
  • No quadrante não importante e não urgente (quarto quadrante), escreva as atividades que não exigem rapidez e que não possuem tanta importância.

E enfim, está pronta a sua Matriz de Eisenhower! Agora, só basta que você siga ela da maneira correta, que assim, você vai aprender a como aumentar a produtividade. Talvez, com um Curso de Personal Organizer, você consegue minimizar ainda mais seus problemas futuros, e também, pode atingir o ponto culminante da organização.